AD Monografias Online

Monografia online e tcc são a nossa especialidade desde 2004. São mais de 16 anos atuando e mais de 30000 trabalhos feitos

Corona Vírus

Corona Vírus

O Brasil, segundo país em mortes e (casos atrás somente dos EUA), contou mais 51.147 infecções neste sábado, o quarto dia consecutivo com mais de 50.000 casos, e se aproxima dos 2,four milhões de doentes ―o número de mortes já é superior a 86.000. Desde as primeiras confirmações de doença pela Covid-19, a SES-GO divulga boletins diários com atualizações sobre os casos confirmados e óbitos. Os números são dinâmicos e passíveis de mudanças após investigação mais detalhada de cada situação. Os boletins são elaborados a partir dos dados inseridos nos sistemas e-SUS VE e SIVEP Gripe, do Ministério da Saúde, pelas diversas instituições de saúde cadastradas no Estado, conforme endereço de residência informado pelos usuários. A taxa de letalidade da COVID-19 depende da qualidade dos serviços de saúde, da resposta das autoridades, da média de idades e saúde da população e do número dos casos não diagnosticados.

O número de mortes causadas por Coronavírus pode variar, depende da proporção da faixa etária da população, medidas para contenção do vírus, quantidade de casos que são realmente reportados às autoridades competentes e quão livre o sistema de saúde para receber os casos mais graves. A Organização Mundial da Saúde explica que o Coronavírus é mais mortal que a gripe, mas que é possível contê-lo. Enquanto three,4% dos pacientes diagnosticados com SARS-CoV-2 entram em óbito, a porcentagem de pacientes mortos por gripe cai para 1%. No total, são 18 municípios considerados em risco alto, 41 no moderado e 19 no risco baixo para a Covid-19. Nela, a taxa de letalidade e o coeficiente de incidência passaram a considerar os casos e os óbitos dos últimos 28 dias, em vez do acumulado desde o início da pandemia.

Os pacientes com COVID-19 são monitorizados para sinais de rápida deterioração clínica. Os sinais de emergência incluem ausência de respiração ou obstrução das vias aéreas, desconforto respiratório grave, cianose, choque, coma ou convulsões. As pessoas que suspeitem estar infetadas são aconselhadas a usar constantemente máscara e a contactar imediatamente um serviço de saúde para aconselhamento. Em casos graves podem ser necessários cuidados para manter as enjoyableções vitais.

O diagnóstico é suspeito com base nos sintomas e fatores de risco e confirmado com ensaios em tempo real de reação em cadeia de polimerase para deteção de ARNdo vírus em amostras de muco ou de sangue. Políticas e mensagens claras, treinamento e educação para funcionários e gerentes, de modo a aumentar a conscientização sobre a COVID-19 são essenciais.

Embora haja várias em desenvolvimento, prevê-se que só estejam disponíveis em 2021. Até estar disponível uma vacina, as autoridades de saúde tentam diminuir o ritmo de contágio para diminuir o pico da curva epidemiológica, um processo denominado “achatar a curva”. Diminuir o ritmo de novas infeções diminui o risco de sobrecarga dos serviços de saúde, o que permite melhor tratamento dos casos em curso e atrasa casos adicionais até estar disponível um tratamento ou vacina.

Num relatório de 6 de março, a OMS estimava a taxa bruta de mortalidade (número de mortes divididas pelo número de casos confirmados) em three–four%. Um artigo com revisão por pares publicado em 19 de março estima a taxa de letalidade entre todos os casos sintomáticos em 1,four% (IQR zero,9–2,1%). Em pessoas com menos de 50 anos de idade, o risco de morte é inferior a 0,5%, enquanto em pessoas com mais de 70 é superior a 8%. A mortalidade é influenciada pelos recursos médicos e socioeconómicos de determinada região. As estimativas da taxa de mortalidade da doença variam significativamente, devido não só às diferenças regionais nos cuidados de saúde mas também devido a dificuldades metodológicas.

Muitos dos casos ligeiros ou assintomáticos não chegam a ser contabilizados, o que pode fazer com que a taxa de mortalidade seja sobrestimada. Por outro lado, o facto de as mortes serem o resultado de infeções contraídos no passado pode significar que as taxas de mortalidade atuais são subestimadas. Em casos graves, a doença pode ser complicada por pneumoniagrave com insuficiência respiratória grave, comprar monografia sepse e insuficiência de vários órgãos, incluindo insuficiência renal e insuficiência cardíaca. O risco de doença grave ou morte é maior em pessoas de idade avançada e pessoas com comorbidades como hipertensão arterial, diabetes ou doenças cardiovasculares. A OMS recomenda que as pessoas em grupos de risco sejam sempre observadas em ambiente hospitalar, mesmo que só manifestem sintomas ligeiros.

A doença transmite-se através de gotículas produzidas nas vias respiratórias das pessoas infetadas. Ao espirrar ou tossir, estas gotículas podem ser inaladas ou atingir diretamente a boca, nariz ou olhos de pessoas em contacto próximo. Estas obtainedículas podem também depositar-se em objetos e superfícies próximos que podem infetar quem nelas toque e leve a mão aos olhos, nariz ou boca, embora esta forma de transmissão seja menos comum. O intervalo de tempo entre a exposição ao vírus e o início dos sintomas é de 2 a 14 dias, sendo em média 5 dias. Entre os fatores de risco estão a idade avançada e doenças crónicas graves como doenças cardiovasculares, diabetes ou doenças pulmonares.

Diante da confirmação de caso do coronavírus no Brasil e considerando a dispersão do vírus no mundo. A Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde informa que a partir de 01 de março de 2020, passa a vigorar as seguintes definições operacionais para a saúde pública nacional. A Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO) informa que há 54.974casos de doença pelo coronavírus 2019 (Covid-19) no território goiano.

admonografiasonline

Os comentários estão fechados.
× Como posso te ajudar?